Nova Tecnologia da PGM

Ir em baixo

Nova Tecnologia da PGM

Mensagem por Winston Churchill em Dom Jun 02, 2013 9:17 am

Mesmo com a artilharia e a infantaria sendo os pontos centrais para o sucesso das batalhas na PGM, o Exército Britânico fez uso de várias peças de nova tecnologia. Alguma dessas são bem conhecidas, como o tanque, o avião e o gás venenoso, todos eles atingindo considerável sucesso em diferentes momentos da guerra. Entretanto, existem alguns não muito conhecidos.

O arame farpado do inimigo foi um grande problema para as tropas britânicas no Somme, e muito difíceis de destruir com fogo de artilharia comum, que normalmente deixava o arame intacto ou quebrado ao chão de maneira que continuava impossível de passar.
Em resposta a esse problema, os britânicos criaram o fusível 106, ilustrado abaixo. Ele fez com que os projéteis da artilharia explodissem ao menor contato com o solo, com sua força destruidora se expandindo horizontalmente ao invés de explodir apenas após profunda penetração no solo.

Nenhuma nova arma foi decisiva, os tanques por exemplo não eram mecanicamente confiáveis, desesperadamente desconfortáveis em batalha, e eram vulneráveis a artilharia e ao terreno.

Os alemães rapidamente desenvolviam contra-medidas contra cada avanço tecnológico aliado, assim sendo, novas tecnologias eram desenvolvidas para manter o exército em sua melhor performance. No entando, apenas no último ano de guerra que os britânicos souberam efetivamente adaptar as novas armas e táticas para romper eficazmente as linhas alemãs.

Apesar dos tanques terem sido usados pela primeira vez na Batalha de Flers no Somme em 1916, ele não fizeram diferença efetiva até a Batalha de Cambrai em novembro de 1917, e foram integrados totalmente as “armas” apenas no verão de 1918.


_________________
"Truth is incontrovertible. Panic may resent it; ignorance may deride it; malice may distort it; but in the end, there it is."

"Arm yourselves, and be ye men of valour, and be in readiness for the conflict; for it is better for us to perish in battle than to look upon the outrage of our nation and our altar. As the will of God is in Heaven, even so let it be."

"I will begin by saying what everybody would like to ignore or forget but which must nevertheless be stated, namely that we have sustained a total and unmitigated defeat, and France has suffered even more than we have....the German dictator, instead of snatching the victuals from the table, has been content to have them served to him course by course."
avatar
Winston Churchill

Mensagens : 234
Data de inscrição : 18/05/2013
Idade : 42
Localização : Campinas, SP

Ver perfil do usuário http://www.clubedosgenerais.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum