Bombardeio a Frampol

Ir em baixo

Bombardeio a Frampol

Mensagem por Runds em Sex Out 11, 2013 9:09 am

Bombardeio a Frampol

Durante a Segunda Guerra Mundial, não só as SS não cumpriram seus “mandamentos” durante a “Polenfeldzug”, outras armas o fizeram, como o fez a Lufwaffe no bombardeio a cidade de Frampol, ocorrido em 1939 .

Alguns autores alemães, incluindo Marius Emmerling, supostamente baseando-se em relatórios alemães, alegam que este verdadeiro “atentado” não aconteceu. É fato que não havia nenhuma grande unidade militar polonesa em Frampol quando foi bombardeado, mas cogita-se a possibilidade de algumas forças polonesas na área em torno de Frampol (ou a vários km de distância ).

No dia 13 de setembro de 1939, entre as 15:30 e 16:00 horas, 12 aviões alemães chegam do oeste, depois de voar sobre a cidade de Frampol, e logo desapareceram por trás das colinas de Roztocze e depois de aproximadamente 10 minutos, eles voltaram a partir do leste e soltaram suas bombas, sendo mortos alguns soldados poloneses e civis em fuga que atravessavam a cidade .

A pequena Frampol, com uma população de aproximadamente 3.000 habitantes, sem alvos militares ou industriais, nem quaisquer efetivos do exército polonês, foi praticamente dizimada pela prática do chamado “bombardeio indiscriminado” da Luftwaffe. Na opinião do analista Harry Hohnewald, a Luftwaffe escolheu Frampol como objeto “experimental”, pois os bombardeiros de teste, voando a baixa velocidade, não seriam alvo de fogo AAA. Além disso, a posição central da prefeitura da cidade era um ponto de orientação ideal para as tripulações dos bombardeiros treinarem sua pontaria.
Como resultado do ataque incendiário, cerca de 90% das construções foi destruído. Frampol tinha conseguido uma população judaica significativa.

O autor Rostkowski em seu livro escreveu que no dia 13 de setembro as instalações dos estoque de alimentos do 16º Regimento de infantaria Polonesa foram atacados na estrada de Janów Lubelski, ida para Frampol. As instalações eram uma parte importante da logística de alimentos dos regimentos poloneses.

As instalações guardavam estoques de comida de onde saiam direto para os HQ dos regimentos do front. O transporte era feito pelo trem do 16º regimento de infantaria Polonês, que possuía 18 vagões, incluindo 6 de munições e 6 para alimentos, 36 cavalos, 2 caminhões e 23 veículos diversos.

Obs. Um regimento de infantaria pesada polonês era três vezes maior que um regimento de cavalaria médio.
Alguns relatos dizem que foram usadas bombas incendiárias, porém nada é confirmado, já que os relatórios alemães da época não mencionam o tipo de bombas usadas, somente a quantidade. Em torno de 1.100 kg por aeronave.

avatar
Runds

Mensagens : 13
Data de inscrição : 23/05/2013
Idade : 41
Localização : Criciuma/SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum