OPERAÇÃO BOROZDINOVSKAYA

Ir em baixo

OPERAÇÃO BOROZDINOVSKAYA

Mensagem por Runds em Ter Set 17, 2013 11:37 am

Localização : Borozdinovskaya, fronteira Chechena com Daguestão / Alvo : aldeia Avar / Autor: Comandos Chechênos sob comando direto do GRU.

A operação Borozdinovskaya foi um ataque de limpeza étnica promovida pelo batalhão Spetsnaz Vostok a aldeia de minoria étnica de Borozdinovskaya, na Chechênia, perto da fronteira com a república do Daguestão em 4 de junho de 2005. Borozdinovskaya é uma vila com predomínio da étnia Avar (um grupo étnico do Daguestão) no distrito de Shelkovsky, Chechênia. Sua população no início de 2005 passava dos 1.000 habitantes. A "operação varredura" ocorreu após "uma série de assassinatos e ataques armados" em torno da vila em Maio-Junho de 2005, incluindo um incidente em que o pai de um recruta da unidade Vostok foi baleado e morto. O ataque provocou um êxodo em massa de quase toda a população da aldeia e contribuiu para um impasse político, tanto para a Chechênia quanto para o Daguestão. Segundo os moradores de Borozdinovskaya, o conflito étnico na região começou em meados dos anos 90, durante o tempo em que Dagestanis e russos étnicos estavam sendo despejados da república chechena, ou pressionados a deixar pela péssima condição economica e destruição resultantes da 1ª guerra chechena. Um influente Ávaro local chamado Shapi Mikatov criou uma milícia armada, que efetivamente protegeu a aldeia das 'Gangs Chechenas ", incluindo os homens de Sulim Yamadayev, até então o mais poderoso senhor da guerra separatista no leste da Chechênia. De acordo com Hussein Nutayev, chefe pró-rússia do distrito de Shelkovsky, a milícia Mikatov era antes "um grupo criminoso” que era chamado de Jamaat Avar, chefiado pelo infame “senhor da guerra” Mitabov, acusado de inúmeros assassinatos e seqüestros. Mikatov foi morto em 1998. Em 1999, os irmãos Yamadayev mudaram de lado no conflito (como fez Kadyrov) para liderar o batalhão Vostok para a inteligência militar russa. Desde então, os moradores da região supostamente começaram a ser alvos de forças chechenas pró-Moscou e as tensões inter-étnicas aumentaram. Na “operação limpeza”, em 4 de junho de 2005, cerca de 80 soldados chechenos pró-rússia do batalhão especial Vostok , em 2 veículos blindados, carros e motos, chegaram na aldeia as 15:00 para executar uma grande escala de limpeza.' Segundo testemunhas, a operação foi liderada por Khamzat Gairbekov, também conhecido como "Barba", que era chefe da unidade de inteligência da Vostok. Entre as 15:30 e 20:00 hrs, os soldados detiveram 11 pessoas "suspeitas de terem cometido crimes": Abakar Aliyev, Magomed Isayev, Ahmed Kurbanaliyev, Magomed Kurbanaliyev, Eduard Lachkov (um russo étnico), Ahmed Magomedov, Ahmed Magomedov, Kamil Magomedov, Said Magomedov, Shakhban Magomedov, e Martukh Umarov. Todos eles não foram vistos desde então. Um homem de 77 anos foi encontrado morto, queimado vivos, e cerca de 200 homens também foram presos e levados para o ginásio da escola local, onde muitos foram severamente espancados. Quatro propriedades rurais foram incendiados e carros, dinheiro e outros objetos de valor foram roubados da aldeia. Mais tarde, o exército russo afirmou que os assassinatos e sequestros de civis foram cometidos por rebeldes (logo após as tropas da unidade Vostok ter deixado o local). Sergei Surovikin, comandante da 42ª Divisão Motorizada de Rifles, disse as alegações eram "infundadas e que visava desestabilizar a situação política e manchar a honra e nome do funcionário de carreira honesto e Herói da Rússia, Sulim Yamadayev". A maioria dos moradores rapidamente atravessou a fronteira para Daguestão, onde montaram um acampamento perto da cidade de Kizlyar. Lá, receberam o apoio da oposição Avara local, resistido às tentativas da polícia de choque “OMON” do Daguestão para força-los de volta para a Chechênia. Os refugiados finalmente concordaram em voltar depois que o governo checheno de Ramzan Kadyrov prometeu procurar os aldeões sequestrados e pagar uma indemnização pelos danos causados pelos agressores. Dmitri Kozak, o enviado presidencial russo para o Distrito Federal do Sul, reuniu-se com os moradores e falou sobre "um ato de sabotagem contra o Estado russo por extremistas", prometendo uma investigação para punir os responsáveis. Em 27 de outubro de 2005, Mukhadi Aziyev, comandante da companhia do batalhão Vostok, foi condenado pelo Tribunal da Guiarnição Militar de Grozny, e recebeu uma sentença 3 anos. O destino das pessoas desaparecidas não foi estabelecido, e uma ação de indenização foi movida pelos moradores contra o Ministério da Defesa russo, obviamente rejeitado. Em Junho de 2007, os moradores realizaram um protesto no Daguestão. O Coronel Suleimam Yamadayev, comandante do batalhão Vostok, a princípio negou que seus subordinados estavam envolvidos na invasão. Mais tarde, ele admitiu sua culpa e de seus homens, mas disse que a operação havia sido realizada sem seu conhecimento. Em 2006 e novamente em 2008, durante o conflito entre Ramzan Kadyrov e o clã Yamadayev, Kadyrov usou o caso como um exemplo dos crimes da unidade Vostok em seus ataques contra os irmãos Yamadayev.

avatar
Runds

Mensagens : 13
Data de inscrição : 23/05/2013
Idade : 41
Localização : Criciuma/SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: OPERAÇÃO BOROZDINOVSKAYA

Mensagem por Winston Churchill em Qui Set 19, 2013 2:08 pm

So tem gente boa nessa área do globo

_________________
"Truth is incontrovertible. Panic may resent it; ignorance may deride it; malice may distort it; but in the end, there it is."

"Arm yourselves, and be ye men of valour, and be in readiness for the conflict; for it is better for us to perish in battle than to look upon the outrage of our nation and our altar. As the will of God is in Heaven, even so let it be."

"I will begin by saying what everybody would like to ignore or forget but which must nevertheless be stated, namely that we have sustained a total and unmitigated defeat, and France has suffered even more than we have....the German dictator, instead of snatching the victuals from the table, has been content to have them served to him course by course."
avatar
Winston Churchill

Mensagens : 234
Data de inscrição : 18/05/2013
Idade : 42
Localização : Campinas, SP

Ver perfil do usuário http://www.clubedosgenerais.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: OPERAÇÃO BOROZDINOVSKAYA

Mensagem por Langsdorff em Qui Set 19, 2013 4:41 pm

Winston Churchill escreveu:So tem gente boa nessa área do globo

ô se tem...
avatar
Langsdorff

Mensagens : 59
Data de inscrição : 07/06/2013
Idade : 52
Localização : Santos/SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: OPERAÇÃO BOROZDINOVSKAYA

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum